O que é mindfulness e como os cristais podem ajudar em sua aplicação

Saúde O que é mindfulness e como os cristais podem ajudar em sua aplicação

Mindfulness, ou atenção plena, sugere que a mente esteja atenta ao que está acontecendo, ao que você está fazendo e ao ambiente em que está inserido.

Se você sente dificuldades de manter o foco na hora de trabalhar, estudar ou fazer tarefas mais complexas, entender o que é mindfulness pode te ajudar. 

Essa prática é conhecida pela habilidade que temos de nos concentrar profundamente em uma única coisa por vez.

Isso pode parecer trivial, exceto pelo fato irritante de que tantas vezes nos desviamos do assunto em questão. 

Nossa mente voa, perdemos o contato com nosso corpo e, em breve, estamos imersos em pensamentos obsessivos sobre algo que acabou de acontecer ou preocupados com o futuro. E isso nos deixa ansiosos.

Se você quer entender melhor o que é atenção plena e quer experimentá-la, confira este artigo até o fim!

O que é mindfulness

Mindfulness, que em português significa atenção plena, sugere que a mente esteja atenta ao que está acontecendo, ao que você está fazendo e ao ambiente em que está inserido. Mas o mindfulness é mais do que isso, pois se propõe a promover o autoconhecimento dos adeptos.

Praticado há mais de 2500 anos, o mindfulness tem as suas raízes nos ensinamentos espirituais budistas orientais. Mas, há algumas décadas, também se tornou  popular  por causa dos seus incríveis benefícios de bem-estar. 

O monge budista vietnamita Thich Nhat Hanh, pacifista, autor de muitos livros e principal disseminador de assuntos sobre a consciência plena, a definiu como a “energia de estar consciente e acordado para o momento presente”.

Os benefícios da prática de mindfulness

Gastar muito tempo planejando, resolvendo problemas, sonhando acordado ou tendo pensamentos negativos ou aleatórios pode ser desgastante. 

Praticar exercícios de mindfulness pode ajudá-lo a desviar a atenção desse tipo de pensamento e se envolver com o mundo ao seu redor.

Por isso, quando praticamos mindfulness e ficamos atentos, reduzimos o estresse, melhoramos o desempenho, ganhamos insight e consciência por meio da observação de nossa própria mente e aumentamos nossa atenção para o bem-estar dos outros.

Além disso, a prática da atenção plena te ajuda a manter a saúde emocional equilibrada, reduz a ansiedade, dores físicas, insônia e pressão alta (hipertensão).

Pesquisas preliminares também indicam que a atenção plena pode ajudar pessoas com asma, fibromialgia e diabetes. O motivo para esses resultados é porque a meditação auxilia as pessoas a experimentarem pensamentos e emoções com maior equilíbrio e aceitação.

Os tipos de prática de atenção plena

As práticas tradicionais de mindfulness incluem a meditação formal, bem como disciplinas como yoga, chi kung e tai chi. 

Mas saiba que a atenção plena é uma qualidade que todo ser humano já possui e não é algo que você tem que invocar. Você apenas tem que aprender como acessá-la. E ela pode ser cultivada por meio de técnicas comprovadas. Veja alguns exemplos:

 

  • Meditação sentada, andando, em pé e em movimento (também é possível deitado, mas geralmente leva ao sono);
  • Pequenas pausas que inserimos na vida cotidiana;
  • Mesclar a prática da meditação com outras atividades, como esportes .

 

Contudo, não é necessário  adotar especificamente nenhuma dessas atividades para trazer o mindfulness para a sua vida

Também é possível atingir a atenção plena através de exercícios de respiração simples, ao realizar tarefas diárias conscientemente (tais como lavar a louça ou caminhar), repetir mantras ou focar-se num objeto como um cristal

Em outras palavras, o mindfulness pode ser qualquer prática cuja finalidade seja estar presente e atento ao que está acontecendo naquele momento. 

Veja alguns exercícios para praticar o mindfulness

Existem muitas maneiras simples de praticar a atenção plena. Alguns exemplos incluem:

Preste atenção

É difícil desacelerar e perceber as coisas em um mundo agitado. Experimente dedicar um tempo para vivenciar o ambiente com todos os seus sentidos – tato, som, visão, olfato e paladar. 

Por exemplo, quando você come um alimento favorito, reserve um tempo para cheirar, saborear e realmente apreciá-lo. Viva o momento.

Tente intencionalmente trazer uma atenção aberta, receptiva e criteriosa para tudo o que você faz. Encontre alegria em prazeres simples.

Aceite-se como é

Trate-se como trataria um bom amigo.  Às vezes somos generosos demais com os outros e demasiadamente cruéis e exigentes com nós mesmos.

Uma das práticas de mindfulness nos leva a aceitar quem somos, com virtudes e limitações. 

É importante entender que sempre há uma maneira de resolvermos as coisas, mesmo que seja um jeito diferente do “convencional”.

Concentre-se em sua respiração

Quando você tiver pensamentos negativos, tente sentar-se, respire fundo e feche os olhos.  

Concentre-se na respiração à medida que ela entra e sai do corpo. 

Sentar e respirar por apenas um minuto pode ajudar. Você também pode tentar exercícios de atenção plena mais estruturados, como:

Meditação de varredura corporal

Deite-se de costas com as pernas estendidas e os braços ao longo do corpo, as palmas das mãos voltadas para cima. 

Concentre sua atenção lenta e deliberadamente em cada parte do corpo, em ordem, dos pés à cabeça ou da cabeça aos pés. 

Esteja ciente de quaisquer sensações, emoções ou pensamentos associados a cada parte do seu corpo.

Meditação sentada

Sente-se confortavelmente com as costas retas, os pés apoiados no chão e as mãos no colo.

Respirando pelo nariz, concentre-se na respiração entrando e saindo do corpo. 

Se sensações físicas ou pensamentos interrompem sua meditação, observe a experiência e, em seguida, volte o foco para a respiração.

Meditação ambulante

Encontre um lugar tranquilo de 3 a 6 metros de comprimento e comece a andar devagar. 

Concentre-se na experiência de caminhar, estando atento às sensações de ficar em pé e aos movimentos sutis que mantêm o equilíbrio. 

Ao chegar ao fim do caminho, vire e continue caminhando, mantendo a consciência de suas sensações.

Mindfulness e o poder dos cristais

Saiba que é possível usar os cristais para praticar o mindfulness e alcançar o bem-estar físico, mental, emocional e espiritual. 

Isso porque as pedras pode ajudá-lo a ser mais consciente e a se concentrar no que você deseja da vida.

Ao longo dos anos, as pessoas atribuíram todos os tipos de poderes aos cristais. Na linguagem moderna, porém, costuma-se dizer que os cristais “vibram” em frequências diferentes, dando a cada pedra uma energia diferente. 

Há alguma verdade científica nisso, mas para o propósito de atenção plena, o que importa é a maneira como os cristais fornecem uma conexão sólida com o mundo ao seu redor e um foco tangível para suas energias. 

Ao olhar para um cristal, você pode sentir um pouco de admiração e gratidão por viver em um mundo onde essas coisas existem – e a gratidão tem um efeito profundo em nossos cérebros.

Ser conscientemente grato pelas coisas pode fazer uma enorme diferença na depressão e na ansiedade, e também pode melhorar nosso humor. 

Por exemplo, um quartzo rosa em forma de coração, altamente polido, certamente nos faz pensar em romance e amor, e isso, por sua vez, nos ajuda a concentrar nossas energias na área afetiva.

QUARTZO ROSA

Como usar os cristais na prática de mindfulness?

Há muitas maneiras de usar os cristais para atingir a atenção plena, e realmente depende de cada pessoa descobrir o que funciona para ela. 

Aqui estão algumas ideias:

  • Escreva uma lista de seus objetivos e mantenha-a sob um cristal como um lembrete visual de onde você espera chegar.
  • Coloque um cristal na mesinha de cabeceira para lembrá-lo de adotar hábitos melhores de sono. (Algumas pedras podem ajudar a acalmar nosso subconsciente para um sono melhor em geral.)
  • Faça uma grade de cristal. Organizar seus cristais em padrões e formações pode ser simultaneamente criativamente satisfatório e imensamente meditativo.
  • Mantenha um cristal em sua mesa para lembrá-lo de que você é muito mais do que apenas seu trabalho e para ajudá-lo a passar o dia.
  • Leve um cristal com você para funcionar como um lembrete da pessoa que você espera se tornar e de todas as coisas que deseja realizar e conquistar.

Playlist de meditação

Agora que você já entendeu o que é mindfulness e como ela é importante para o dia a dia, que tal iniciar a sua jornada de meditação e atingir a atenção plena?

E para te ajudar, preparamos uma playlist de meditação especial com trilhas e mantras especiais que vão te ajudar a se concentrar de forma mais rápida!

Basta clicar no banner logo abaixo, preencher o formulário, ouvir e aproveitar!

playlist de meditação o que é mindfulness

Gostou deste conteúdo? Deixe seu comentário e compartilhe este texto com as pessoas que também acreditam nos incensos e seus poderes.

Leia mais: Passo a passo: como escolher o cristal ideal para você

Comente aqui