Drusa: conheça o significado e as propriedades da pedra que encanta

Como Usar Drusa: conheça o significado e as propriedades da pedra que encanta

Sempre lembrada pela sua beleza e singularidade, a drusa é ideal para decorar lugares com circulação de pessoas, pois possui altas propriedades de purificação e energização de ambientes. Conheça mais sobre esse cristal e como utilizá-lo! 

 

A drusa é muito usada para purificar e proteger espaços contra energias ruins e pode ser encontrada de cristais como: ametista, citrino, quartzo branco, titânio, entre outros. 

Conheça mais sobre o que é, como ela é formada, suas propriedades, como colocá-la na decoração e como energizá-la. 

 

O que é drusa?

No dicionário Priberam, drusa significa “incrustação de cristais no interior de um mineral que lhes é estranho”. Na prática, podemos defini-la como um agrupamento de diversas pontas de cristais que compartilham uma mesma base

Sua singularidade chama atenção dos amantes das pedras, pois é impossível encontrar uma drusa igual a outra. Cada uma possui um conjunto de vértices de cristais únicas que se encaixam lado a lado, formando uma peça estonteante e exclusiva. 

 

Como a drusa é formada?

As drusas podem ser formadas em cavidades enterradas que, geralmente, formam bolhas de gás no interior de rochas ígneas, sob raízes de árvores, em resquícios de lavas após erupções vulcânicas ou, até mesmo, em tocas de animais. 

Após um tempo, a parte externa do buraco endurece e os silicatos e carbonatos dissolvidos conservam-se na superfície interna. Em um processo lento, os minerais se fortalecem a partir das águas subterrâneas, que se infiltram e, gradualmente, formam os cristais em seu interior. 

Os tamanhos dos cristais que compõem a drusa dependerão da pressão dos gases em sua formação: grandes (baixa pressão) ou pequenos (alta pressão). Já suas cores e tipos de pedras dependem diretamente do local onde se formaram e dos agentes que fizeram com que essas drusas se consolidassem. 

 

Diferença entre drusa, geodo e capela

Não podemos falar das drusas sem mencionar os geodos e capelas. Por mais que algumas pessoas acreditem que são as mesmas coisas, existem diferenças entre esses tipos de pedras. 

Enquanto a drusa é formada por uma superfície plana na qual ficam cristais pontiagudos posicionados um ao lado do outro, o geodo, conhecido também como “caverna de cristais”, é constituído por cristais que crescem revestindo a parte interna de uma cavidade. e pode ser encontrado em tamanhos de miniaturas que cabem na palma da mão, até mais de 2 metros. 

Já a capela pode ser observada como o geodo cortado. Ela recebeu este nome, porque, geralmente, as pessoas costumam colocar santos em seu meio. 

qual a diferença entre drusa, geodo e capela

Bortoluzzi Shop dos Cristais

COMPRAR DRUSA

 

Propriedades da drusa

As drusas chamam atenção pela sua beleza, porém, não podemos esquecer das suas incríveis propriedades. Por possuírem diversos cristais alinhados, a drusa é conhecida por acumular as energias em si e emitir essa positividade direcionando para onde os cristais apontam. 

Essas pedras preciosas também são conhecidas por equilibrar a alma, promover o otimismo em situações da vida e garantir uma convivência mais harmônica entre as pessoas de um local. Ela também poder utilizada como potencializadora de propriedades específicas ou de energias de cristais menores. 

Na saúde física, as drusas podem agir contra doenças no couro cabeludo e na pele, como surgimento excessivo de sardas e problemas com a pigmentação. 

Suas propriedades também podem variar de acordo com os cristais dos quais elas são formadas: 

 

Drusa de quartzo branco

A drusa de quartzo branco é ideal para quem quer pureza e proteção de ambientes, afastando energias negativas vindas de outras pessoas. Além disso, ela também pode potencializar propriedades curativas da água, aumentar a autoestima, acalmar a mente e purificar a alma. 

 

Drusa de ametista

As drusas de ametista são ideais para limpar ambientes que tenham trabalhos espirituais, onde são feitas meditações ou onde são tratadas doenças físicas. Suas pontas são capazes de transmutar energias e dissipar as negativas para longe

Elas são muito utilizadas também na limpeza de cristais, justamente pela propriedade de mudar as energias negativas para positivas. Suas outras propriedades também estão muito ligadas às da pedra ametista: proteção, espiritualidade e cura interior. 

 

Drusa de citrino

Ao combinar as propriedades purificadoras e regeneradoras da pedra citrino com os benefícios das drusas, temos cristais perfeitos para energizar positivamente em todos os setores da vida. 

Especialmente ligada aos chakras plexo solar e do umbigo, ela ativa-os e instiga a intuição. 

 

Leia mais

 

Como decorar usando drusa?

Como mencionamos anteriormente, a drusa é muito utilizada em ambientes que possuem uma grande circulação de pessoas, sejam locais de trabalho ou em casa na sala de estar, sempre buscando afastar as energias ruins e promover uma convivência mais harmônica. 

Ao ser utilizada na decoração de ambientes, opte colocá-la em cantos. Assim, ela estará em um local estratégico para criar uma atmosfera de energia positiva que será dissipada pelo resto do lugar. 

Você pode colocá-las como decoração principal em mesas de canto, estantes ou até mesmo criar um cantinho zen na sua sala ou escritório. Para isso, separe objetos que tenham a ver com o que você deseja atrair para aquele ambiente como livros, outras pedras, velas, plantinhas, entre outros. 

Ficou interessado no assunto? Baixe nosso guia exclusivo e gratuito de Como energizar a casa com cristais!

como decorar usando drusa de ametista

Fonte: Pinterest

VER DRUSA

 

Como energizar a drusa?

A drusa, por si só, já é um cristal auto energizante. Inclusive, ela pode ser utilizada para ajudar na limpeza e reenergização de outras pedras. No entanto, se você quiser potencializar ainda mais suas propriedades, pode fazer isso colocando-a sob os raios solares ou luz lunar por algumas horas. 

 

Como limpar uma drusa?

Como falamos anteriormente, a limpeza energética da drusa não precisa ser feita, pois ela já faz isso consigo mesma. 

Já sua limpeza física gera muitas dúvidas por possuir diversos cristais alinhados com pouco espaço entre si. Jamais utilize produtos químicos fortes. Opte por um sabão neutro, uma escova com cerdas bem macias e água corrente. Seja cuidadoso com a limpeza e lembre-se de ficar atento a sujeiras nas fissuras entre os cristais. Em seguida, deixe-o secando naturalmente sob a luz do sol. 

 

Onde comprar drusa?

drusa de ametista, drusa de titânio, drusa de citrino e drusa de quartzo branco

Bortulozzi Shop dos Cristais

Tanto pela sua beleza, quanto pela sua delicadeza, as drusas devem ser tratadas da melhor maneira possível para que mantenham a sua aparência e as suas propriedades intactas. 

Na Bortulozzi Shop dos Cristais, possuímos mais de 45 anos de experiência com a extração, tratamento e importação de pedras e cristais. Unindo a paixão pelas pedras com o gosto pelas suas possibilidades de designs, nos preocupamos em oferecer peças de altíssima qualidade com layouts singulares. 

Conheça nossos acessórios e decorações em cristais! 

VISITAR LOJA

 

Gostou do texto? Você já sabia de tudo isso sobre as drusas? Compartilhe com alguém que você sabe que irá adorar conhecer mais sobre esse assunto! 

 

Leia mais

 

O que é drusa?

Drusa é um agrupamento de diversas pontas de cristais que compartilham uma mesma base.

Como as drusas são formadas?

As drusas são formadas a partir de silicatos, carbonatos e águas subterrâneas que reagem em cavidades.

Qual a diferença entre drusa, geodo e capela?

A diferença entre a drusa, geodo e capela é que a primeira é uma superfície plana composta por cristais lado a lado. Já o geodo é feito de cristais que se formam revestindo uma cavidade e a capela é essa pedra cortada ao meio.

Como limpar uma drusa?

Para limpar uma drusa utilize sabão neutro, escova com cerdas macias e água corrente. Deixe-a secar sob luz solar.

Comente aqui